“Vai passar,…




Hj lendo meu devocional "Sinais da Graça" meditei no dia errado - rsrs
Mas é tão lindo o texto deste dia 5, q na verdade deveria ser dia 4, q não resistir e vou postar aqui, espero q gostem, ofereço a todos os meus seguidores, e a todos q resolverem me visitar.

Três Lagrimas

Três vezes, pelo q sei, o sofrimento levou Jesus às lagrimas. ele chorou qdo seu amigo Lazaro morreu. Lembro-me de um ano terrivel em q tres de meus amigos morreram numa rapida sequencia. Descobri q a aflição não é algo com q a gente se acostuma. Minha experiencia das primeiras duas mortes nada fez no sentido de me preparar para a terceira. A aflição bateu em mim como uma jamanta, deixando-me achatado no chão. Fiquei quase sem folego e so conseguia chorar. De certo modo, acho reconfortante o fato de q Jesus tenha sentido algo semelhante qdo seu amigo Lázaro morreu.
Noutra ocasião, as lágrimas afloraram no rosto de Jesus qdo ele contemplou Jerusálem e viu o destino q aguardava aquela fabulosa cidade. Sinto nesse espasmo de dor emocional algo semelhante ao q um pai ou uma mãe sente qdo um filho se perde na vida, abandonando a liberdade, rejeitando todas as crenças com as quais foi criado. Ou a dor do marido ou da mulher q acaba de saber q o conjuge foi embora. Nem mesmo Deus, como todo seu poder, pode forçar um ser humano a amar.
Finalmente, Hebreus nos ensina q Jesus ofereceu "orações e súplicas, em alta voz e com lágrimas, àquele q o podia salvar da morte". Mas obviamente ele não foi salvo da morte. seria exagero dizer q o proprio Jesus fez a pergunta q me persegue, q persegue a maioria de nós numa ou noutra fase  da vida: Deus se importa? q outro siginificado pode ter aquela sombria citação do salmo: "Meu Deus! Meu Deus! Por que me abandonastes?"?
Mais uma vez encontro um estranho conforto no fato de q, quando Jesus enfrentou a dor, ele reagiu de um modo muito semelhante ao meu. Ele provou a dor, o medo, o abandono e algo q se aproximava até mesmo do desespero. No entando, ele resistiu pq sabia q no centro do Universo estava seu Pai, um Deus de amor em quem podia confiar, independentemente da conjuntura daquele momento.
A reação de Jesus às pessoas q estão sofrendo nos proporciona um vislumbre do coração de Deus. Ele não é o Absoluto indiferente, mas sim o Ser Amoroso q se aproxima

O Jesus q eu nunca conhecia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aquieta minha alma ...

Que a Tua vontade Aba, seja maior q a nossa!!

Faço dele as minhas palavras...