Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

Sempre dá tempo de resolver as coisas

Imagem
Hj quero agradecer por 2013, ano de livramento, vitorias, conquistas,  descobertas, sorrisos, lutas, choros, decepções ... em fim, venciiiiiiiiiiii!!
Venci pq meu Deus permitiu, venci pq estou segura no meu Pai, 
venci pq confio e entrego todas as coisas a Ele.
Obrigada Paizinho por tudo, obrigada por permitir q junto com minha família, mesmo q meu pai não esteja mais entre nos, obrigada por permitir q juntos possamos seguir mais um ano... Obrigada pelos amigos q continuaram do meu lado, e pelos amigos q ganhei pra continuar seguindo... pelas portas abertas, e também pelas q se fecharam... Obrigada pelos sonhos realizados em algumas áreas, e pelos q ainda não se realizou, sei q o Senhor esta no controle e tudo tem um proposito, te louvo e te agradeço por isso, continuo firme aguardando o dia dessa vitoria, mesmo q não seja do jeito q penso... Obrigada pelo meu trabalho e amigos que passam o dia comigo, me ajudando a crescer ... Obrigada pelos livramentos ... E obrigada por mais esse ano q…

O Primeiro Natal

Imagem
algo tão simples e tão lindo!!!!! Entrando no clima :)

Um artigo cheio de esperança

Imagem
Estou voltando ao meu mundo particular ...  farei mudanças por aqui, espero q venham gostar Mas por enquanto iniciarei com essa mensagem  que me abençoou muito.

Por trás desse conhecido hino cristão há uma história comovente. Meu hino preferido é “Se paz a mais doce me deres gozar...”. Seu texto foi escrito por um homem de Chicago, chamado Horatio Spaf­ford. Ele era um advogado bem-sucedido até que o grande incêndio devastou Chicago. Para essa cidade a catástrofe do fogo representou o mesmo que a queda das Torres Gêmeas para Nova Iorque, apesar de ter tido causa natural e não ter sido provocada por terroristas. O escritório de advocacia de Spafford também sucumbiu às chamas. Nos dois anos seguintes, outros investimentos de Spafford deram errado e sua riqueza pessoal acabou. Spafford havia prometido à sua família uma viagem à Europa. Mandou que sua esposa e suas quatro filhas viajassem enquanto ele tentava salvar alguns de seus investimentos. No dia em que o navio delas zarpou de Nova Iorque…